Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Muitos filmes de grande qualidade não têm o destaque que merecem, passando quase despercebidos. Por razões meramente económicas, as verbas promocionais concentram-se apenas em meia dúzia de títulos "mais comerciais". Para contrariar esta tendência, criámos este espaço de partilha e entre-ajuda, onde todos podem participar: escolha os filmes que achou mais marcantes e deixe o seu comentário.
Foram encontrados 156 comentários. Resultados de 141 a 156 ordenados por data:
-  1-20  21-40  41-60  61-80  81-100  101-120  121-140  141-156  
Ida (Pontuação: 8)
TrailerAlugar
A Polónia lambe as suas feridas, 2015-07-26
Um filme que vale a pena ver, e que nos pode dizer muitas coisas diferentes. Filmado num sumptuoso preto e branco, em planos fixos sempre descentrados e de um despojamento mais do que bressoniano, deixa-nos a nós espectadores na angústia de não fazermos a mínima ideia de para onde vai Ida, caminhando pela estrada no plano final. Um filme que partilha com Johnny Guitar e outros o ser um filme em que se sente com toda a força aquilo que se não vê, o passado duríssimo das duas protagonistas. Lamenta-se uma história algo absurda, que impede o filme de atingir outra grandeza.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
Estado de Guerra (Pontuação: 1)
TrailerAlugar
Abjecto Objecto!, 2015-07-25
O facto de este "filme" (sequência de 24 fotogramas por segundo) ter sido premiado nos EUA é, por si só, motivo suficiente para nos fazer constatar a miséria a que chegou o cinema popular nesse país. Uma nulidade!
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
O Gosto dos Outros (Pontuação: 10)
Alugar
Ah, o Sabor do Ano 2000!, 2015-07-25
Este é um filme que se mantém imaculado, e o primeiro realizado pela grande e discreta artista que é Agnès Jaoui. Ela e o então marido Jean-Pierre Bacri "cozinharam" um argumento povoado de franceses normais nos seus ambientes normais, mas que se entrecruzam e vivem momentos extraordinários, isto sem que sintamos estar a ser forçados. Para quem tiver visto o também excelente On Connait La Chanson de Alain Resnais, a trama bem urdida faz lembrar a desse filme, com argumento de Jaoui e Bacri. E depois é o requinte francês, a música impecável, o romance impossível entre Castella e Clara, o trágico e o cómico na mesma cena, só visto. Agnès Jaoui declarou que o seu filme era uma aposta em Castella, nas possibilidades de um homem comum, um pequeno empresário pouco cultivado e pouco considerado. Aposta ganha, e bravo Agnès. Imperdível.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
Amor - Edição Especial
TrailerAlugar
Só para quem vai morrer..., 2015-07-23
Para não haver enganos, o júri de Cannes acertou em cheio nesta escolha, de um filme duríssimo sobre o tabu dos tabus, a morte. De novo Michael Haneke nos mostra porque é um dos pouquíssimos grandes cineastas dos dias de hoje, capaz de desbravar novos territórios para o cinema. Por muito que isso doa a algumas almas empestadas por romantismos.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
O Dia Antes do Fim (Pontuação: 9)
TrailerAlugar
Dentro da Goldman, 2015-07-22
Com Wall Street II este filme de ficção é o que melhor nos demonstra os mecanismos que ocasionaram a crise financeira mundial iniciada em 2008. Da formação da bolha no imobiliário americano até à sua concentração nas mãos de poucos operadores, está lá tudo, mesmo sendo ficção. Este filme prova como se consegue fazer uma obra actual, dramaticamente fascinante, com excelentes representações, credível, e sem gastar quase dinheiro nenhum. Absolutamente recomendado, mas não se engane, é ficção! (as semelhanças com a Goldman Sachs e a Lehman Brothers são evidentes e explícitas, no entanto). Jeremy Irons domina como Deus Ex Machina.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
A Árvore da Vida (Pontuação: 1)
TrailerAlugar
As Bad As They Get, 2015-07-22
Deus seja louvado por não ter visto este filme. Bem bastou os euros que gastei a alugá-lo há uns anos atrás. O meu apoio entusiástico a Cláudia GG em baixo, duas linhas bastam para o enterrar (é um filme só porque foi filmado).
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
Ágora (Pontuação: 9)
TrailerAlugar
O Adormecer de uma Civilização, 2015-07-22
Fabuloso fresco histórico, em que assistimos nada menos do que à tomado do poder político pelos cristãos, em Alexandria, e à destruição da cultura clássica. A podridão dos dirigentes da Igreja primordial é-nos dada em todo o seu esplendor, e em vez de cristãos humildes e perseguidos durante séculos, o que temos são homens ardilosos e sequiosos de poder. Se isso não bastasse, Rachel Weisz compõe uma filósofa Hipátia cheia de autenticidade, num desempenho simplesmente soberbo.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
THX 1138
TrailerAlugar
E que final!, 2015-07-22
Antológica a saída de THX 1138 para o mundo exterior, que ele não conhecia, contra o sol poente, acompanhado pelo som da Matthaus-Passion de Johann Sebastian Bach. Esmagador, como Bach. Pronto, estão avisados, mas vão chorar na mesma.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
Avatar (BLU-RAY 3D)
TrailerAlugar
Imagem de Síntese mas Política Bem Real, 2015-07-22
Sendo como é um prodígio de metacinema, usando a palavra de pedromrsl, Avatar é também um evidente filme de propaganda anti-George W. Bush. Penso que não se perde nada em estar ciente disso, torna-se muito mais fácil de entender "ao que vamos". Eu não, que me bastou uma vez!
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
Revolutionary Road
TrailerAlugar
Made in USA, 2015-07-22
Um grande filme de época, um grande filme de casal, um grande filme americano, um grande filme, sem mais. Para mim foi a prova de que Leonardo DiCaprio era capaz de representar. Parece coisa pouca para um actor, mas em Hollywood não é. Winslet imperial, como é hábito.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
Indomável
TrailerAlugar
True Grit, 2015-07-21
É um remake do último filme com John Wayne, de Henry Hathaway, e que recomendo vivamente, True Grit, em português traduzido para "A Velha Raposa". Os irmãos Cohen valem muito mais do que andar a recriar westerns, e quem viu John Wayne e Kim Darby em True Grit não vai querer ver novas versões. Passo.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
Dogville
Alugar
E a Graça!, 2015-07-21
Não vou fazer mais elogios a Dogville, um filme magnífico. Venho só juntar à balança a grande actriz que aqui mostra de novo ser Nicole Kidman, certamente num dos seus melhores papéis, se não o melhor. Von Trier é um artista que "espreme" os actores até ao suco, e a Grace de Kidman é a Graça que visitou a repugnante Dogville, USA.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
Melancolia (Pontuação: 10)
TrailerAlugar
A Maior Tragédia do Mundo, 2015-07-21
A crítica foi impiedosa com este filme. E eu vou ser impiedoso com a crítica: não perceberam nada, e limitaram-se a reagir epidermicamente à brincadeira de von Trier em Cannes, declarando ser nazi. Eu próprio fiquei chocado com o relato desse episódio, até ter visto as imagens da agora célebre conferência de imprensa de Lars von Trier - de novo, não perceberam nada, a brincadeira dele pode ter sido de mau gosto, mas era isso mesmo, uma brincadeira. A primeira coisa a referir sobre Melancolia, obra-prima denegrida, é que Melancolia é uma TRAGÉDIA. Uma tragédia que nada fica a dever às dos antigos gregos, e que contém todos os seus elementos, mas tirando partido de uma nova linguagem, o cinema. Mais do que isso, Melancolia é a maior tragédia do mundo, porque é a única em que o mundo inteiro é aniquilado à frente dos nossos olhos. A sua heroína trágica, Justine, numa superlativa interpretação de Kirsten Dunst, é a única que não se agarra ao pó, a única cuja clarividência a leva a ser odiada por (quase) todos os anões que a rodeiam. Terrível filme é Melancolia, que só pode realmente ser apreciado em plenitude no grande ecrã, como terríveis são e serão as palavras de Justine a Claire: "The Earth is evil. No one will miss it". Lars von Trier, nas alturas.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
O Lamento da Vereda (Pontuação: 10)
TrailerAlugar
Um Outro Ray, 2015-07-21
Aprende-se mais sobre a Índia, sobre a vida e sobre a humanidade a ver este filme do que em milhares de tratados e cursos. Pather Panchali, traduzido para o Lamento da Vereda, é um dos mais belos filmes do mundo, o filme em que Satyajit Ray filma a fundação da vida de um homem, a sua infância. Com Apu iremos voltar à nossa, por mais diferente que ela tenha sido da de Apu. Uma obra que toca a eternidade, e que a ela pertence.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
A Emigrante (Pontuação: 2)
TrailerAlugar
Uma desilusão, 2015-07-21
Um filme caricatural de um cineasta sobrevalorizado. Por mais que Marion Cotillard tenha um desempenho assinalável, nada salva a miséria do argumento, que não permite ao espectador acreditar naquilo que vê. Incrivelmente pretensioso, faz-nos duvidar de uma ressurreição do cinema americano.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
Interstellar - Edição Especial 2 Discos (BLU-RAY) (Pontuação: 2)
TrailerAlugar
A evitar, 2015-07-21
Não tinha visto este filme lamentável em sala, e cometi a tolice de alugar o disco. Não passa de mais um salsicha mal atada por Hollywood que insulta a inteligência do espectador a cada réplica e a cada passo. A pretensão dos seus autores chega ao desplante de tentar imitar Stanley Kubrick, mas o resultado, para quem conhecer 2001, só pode ser o riso, e o filme não é suposto ser uma comédia. A todos aqueles que forem capazes de aguentar as quase três horas deste vácuo artístico apresento as minhas condolências: o vosso gosto está morto.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)
-  1-20  21-40  41-60  61-80  81-100  101-120  121-140  141-156  

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
21/Nov
Trailer
21/Nov
Trailer