Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Buda Caiu de Vergonha (Buda as sharm foru rikht)
TrailerAlugar
4 Prémios e 2 Nomeações
Realização:
Hana Makhmalbaf
Ano: 2007
Género:
Drama
Guerra
País:
Irão
Idade: M/12
Duração: 81 min
IMDB: 7.3
“ORIGINAL E SURPREENDENTE” - Total Film
Afeganistão, região de Bamyian. Neste local ergueram-se durante séculos estátuas gigantescas do Buda, porém o fanatismo religioso dos Talibã levou à sua destruição. É nas ruínas destas esculturas ancestrais que vive ainda uma população muçulmana onde encontramos a pequena Bakhtai, uma rapariga de 6 anos que sonha em ir à escola e aprender a ler e a escrever. Com custo ela arranja o dinheiro necessário para comprar um caderno e acompanhada por um vizinho dirige-se à escola, porém pelo caminho é atacada por um grupo de rapazes que repetem toda a violência de que foram testemunhas ao longo das suas vidas, eles querem rebentar com Bakhtai como os talibã fizeram ao Buda, será que a pequena conseguirá escapar a estas brincadeiras violentas e chegar à escola? Dirigido pela iraniana Hana Makhmalbaf, o filme é uma fábula moderna sobre o impacte da guerra sobre uma população oprimida e os efeitos de gerações de obscurantismo sobre a relação entre os sexos e o seu impacte na educação e cultura dos jovens de hoje. Tendo por cenário uma das regiões e populações que mais têm sofrido os efeitos da opressão e violência, Hana Makhmalbaf dá-nos um comovente libelo anti-guerra onde se interroga sobre o futuro de toda uma geração. Uma referência especial para o desempenho da pequena Nikbakht Noruz, que encarna na perfeição a pequena Bakhtai.
Detalhes Técnicos
Duração: 81 min. Vídeo: 1.77:1
Áudio: MONO Persa
Legendas: Português,
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Errata
Queria corrigir a frase final de Lillian Gish no meu comentário de ontem sobre este filme, deveria ter escrito "life is hard for little things", e não "live is hard for little things". As minhas desculpas.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)2016-08-15
A Menina Quer Ir à Escola! (Pontuação: 7)
Para quem tiver um fraco por filmes dramáticos com crianças de cinco anos de idade, este vale bem uma espreitadela. Perdoamos mais facilmente os seus defeitos depois de sabermos que foi feito por uma iraniana que nem 20 anos de idade tinha completado, e que mesmo assim conseguiu emocionar-nos enquanto denunciava a guerra e a opressão com todo o vigor, através dos seus efeitos na vida das crianças. A sua "estrela", a menina que faz de Bakhtay, é um achado e é soberbamente aproveitada pela realizadora, como o foi a pequenina Victoire Thivisol no magnífico filme francês Ponette, mais de dez anos anterior a este. Existe polémica sobre o mal que estes papéis podem causar às crianças que os desempenham, mas eu não estou minimammente convencido de que tais alegações sejam mais do que pieguices. Como diz a fada Lillian Gish na obra-prima A Noite do Caçador, "live is hard for little things".
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)2016-08-14
Excelente (Pontuação: 9)
Todo um povo caí de vergonha. Uma autentica perola literaria em formato cinefilo.
Por Pbras (BOTICA)2011-09-02
Se gostou deste título, também recomendamos:
Novo
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
06/Jun
Trailer
23/Jun
Trailer