Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Baran (Baran)
Alugar
8 Prémios e 3 Nomeações
Realização:
Majid Majidi
Argumento:
Majid Majidi
Ano: 2001
País:
Irão
Idade: M/12
Duração: 91 min
IMDB: 7.8 (1.656 votos)
Vencedor . Melhor Filme . Festival Cinema de Montereal ****
"Uma Visão Deslumbrante" - USA TODAY
"Uma Mistura Irresistível de Entusiasmo e Amor." -LOS ANGELES TIMES
"Belissimo, ilusoriamente simples!" - NEW YORK POST

Baran tem como pano de fundo a vida dos refugiados afegãos no Irão fugidos ao cenário de devassidão e miséria, causado por anos de ocupação do Afeganistão pela União Soviética.
Lateef é um adolescente iraniano encarregue de providenciar chá e comida numa obra de construção em Teerão onde conhece Rahmat por quem, para própria surpresa, se apaixona fazendo, também, de Baran a história de uma amor corajoso e determinado em contrariar as adversidades causadas pela ilegalidade.
A devoção de Lateef ao seu amor força-o a uma escolha que modificará para sempre a sua vida.
Detalhes Técnicos
Duração: 91 min. Vídeo: 16:9 - Widescreen 1.85:1 anamórfico
Áudio: Mono - Farsi
Legendas: Português
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Poderia ter sido... um bom filme! (Pontuação: 3)
Por ter encontrado aqui na Cineteka este já não recente filme iraniano, cuja existência desconhecia por completo, resolvi fazer a experiência de o ver, tendo até em conta o nível de excelência que o cinema iraniano atingiu com Kiarostami e alguns dos que lhe sucederam. Infelizmente, não é qualquer iraniano que agarra numa câmara que é um novo Kiarostami, e é esse o caso deste Majid Majidi e do seu frustrante filme, tão pretensioso quanto inconseguido. Colocar uma charada na frente do espectador ao mesmo tempo que se pretende fazer um filme inspirado na realidade do seu país só poderia resultar mal. E foi pena, pois a ideia em si de uma moça que se faz passar por rapaz numa obra e que atrai um operário trambiqueiro tinha potencial para outros vôos. Não chegaram foi a descolar!
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)2019-09-29
Fantástico (Pontuação: 9)
Sabem aqueles filmes que vemos por curiosidade sem grandes expectativas? Quando nos conquistam, são arrebatadores exactamente por não estarmos á espera. Foi o que se passou comigo em relação a este filme que é belo e sensível de tão simples que é... Viva o cinema alternativo!
Por Ana Cabrinha (MEM MARTINS)2009-02-04
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
19/Dez
Trailer
19/Dez
Trailer