Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Tinhas Mesmo Que Ser Tu... (Leap Year)
TrailerAlugar
Realização:
Anand Tucker
Ano: 2010
País:
EUA
Irlanda
Idade: M/12
Duração: 100 min
IMDB: 6.1 (17.387 votos)
Quando o seu 4º aniversário de namoro passa sem uma proposta de casamento, Anna (Amy Adams) – uma sofisticada jovem de Nova Iorque com uma paixão por malas Louis Vitton – decide tomar a iniciativa e fazer ela própria o pedido.
Inspirada numa tradição irlandesa que dá a iniciativa às mulheres de pedirem os homens em casamento sempre que ocorre um ano bissexto, Anna segue o seu namorado Jeremy (Adam Scott) até Dublin para o propor em casamento. Só que após uma atribulada viagem que a força a aterrar no lado errado da Irlanda, a única forma que Amy encontra de chegar ao seu destino é com a ajuda de Declan (Matthew Goode), um belo mas rústico irlandês. Ao longo desta viagem, Anna e Adam acabam por descobrir que o caminho para o amor pode levá-los a lugares inesperados.
Detalhes Técnicos
Duração: 100 min. Vídeo:
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Tinha mesmo que começar por ti... (Pontuação: 7)
Aqui está o primeiro filme que aluguei na Cineteka (ainda bem que vos descobri)!
Este é um daqueles filmes catalogados como "comédia romântica", mas é um pouquinho mais do que isso...
É um filme leve, engraçado, com bons personagens e que aconselho vivamente a verem.
Gostei muito da pronúncia irlandesa, do choque de culturas americano/irlandês e de todas as peripécias pelas quais o Declan e a Anna passam (o "Kiss the Girl" é divinal!).
Para além disso, também nos faz pensar: "Se tivéssemos apenas 60 segundos para salvar alguma coisa da nossa casa a arder, o que levaríamos?"

Já agora, se tiverem oportunidade, sigam melhor a carreira de Mathew Goode. Será uma agradável surpresa!
Por Sandra Trindade (PONTINHA)2018-01-18
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
19/Dez
Trailer
19/Dez
Trailer