Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Monsters - Zona Interdita (Monsters)
TrailerAlugar
5 Prémios e 9 Nomeações
Realização:
Gareth Edwards
Argumento:
Gareth Edwards
Ano: 2010
Idade: M/12
Duração: 94 min
IMDB: 6.4 (23.050 votos)
Em 2009 a NASA descobriu a possibilidade de existência de vida alienígena no nosso sistema solar.

Uma sonda foi enviada para recolher amostras de Europa, a lua de Júpiter, mas iria despenhar-se na América Central ao reentrar na atmosfera terrestre.

Pouco depois, novas formas de vida começaram a aparecer no local e metade do México entrou de quarentena, como ZONA INFECTADA.
Hoje em dia, os exércitos, americano e mexicano, continuam a lutar para conter “as criaturas”...

A nossa história começa quando o foto-repórter americano Andrew Kaulder (Scoot McNairy) aceita escoltar um perturbado turista seu compatriota, Sam Wynden (Whitney Able), através da zona infectada do México, até à segurança da fronteira dos Estados Unidos.
Detalhes Técnicos
Duração: 94 min. Vídeo: Widescreen 16:9 anamórfico
Áudio: Dolby Digital 5.1 Inglês
Legendas: Português,
Extras: . Trailer
. Em filmagens
. Entrevistas
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
À Beira do Apocalipse (Pontuação: 8)
Este é um projecto de autor, o então jovem realizador inglês Gareth Edwards, que recebeu grande reconhecimento por este trabalho, quanto a mim merecido. Apesar do elemento fantástico das criaturas extraterrestres caídas no México por acidente, todo o filme transmite ao espectador uma aguda sensação de realidade, e isto pela razão mais simples, foi mesmo filmado na "natureza" mexicana e centro-americana em que é suposto decorrer, com as populações locais, com não-actores locais representando pequenas cenas. Até os dois protagonistas, eles sim actores profissionais norte-americanos, representando personagens norte-americanas, eram à data um casal na vida dita real, o que foi propositado de Edwards, de forma a conseguir passar a empatia entre os seus personagens - efeito conseguido! O segredo para conseguir que um filme rodado com meios reduzidíssimos no México se transformasse num filme de ficção científica está nos efeitos especiais digitais que foram adicionados pelo próprio realizador, que explica na entrevista que faz parte dos extras que depois de cursar cinema se especializou nos anos seguintes nessa área de imagem de síntese para cinema. Com um mero computador pessoal, muito suor e talento, Gareth Edwards conseguiu assim pintar o seu filme com tudo o que lhe faltava nas tomadas de imagem, nomeadamente com os seus "monstros", uns seres gigantescos inspirados em polvos, a fazer lembrar a ficção científica dos anos cinquenta, como lembra em baixo PMatos. Todo o enredo mostra o talento de Edwards em não se deixar cair nos mais banais arquétipos americanos (felizmente ele não é americano), nem no do herói salvador solitário, nem no dos monstros maléficos, nem na soberba face ao México e aos latinos. O resultado é um muito interessante e credível filme de aventuras inesperadas e de suspense para uma filha de papá rico e para um fotógrafo batido, que nada faria prever que se apaixonassem. E no entanto...
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)2016-07-17
Gigantes (Pontuação: 8)
Eis um filme que nos mostra algo em desuso: monstros gigantes. É, de certa forma, uma homenagem aos séries B de ficção científica dos anos 50 (após a descoberta do poder nuclear). Feito com "pouco" dinheiro, mas muita imaginação. Também existe algo de Jacques Tourneur neste filme: a atmosfera vai sendo instalada mais por sugestão do que por "visualização" (os monstros só aparecem lá mais para o fim). E, descobre-se mais tarde, afinal o que interessava ao realizador era a história de amor e não a história dos monstros.

Partindo de uma premissa semelhante à do filme Districto 9, é um filme completamente diferente deste. E ambos são muito bons. Recomendam-se os dois vivamente. Afinal, parece que os (bons) filmes de ficção científica ainda não morreram...
Por PMatos (BARREIRO)2012-03-08
Vejam os extras sff ;) (Pontuação: 7)
Muitas vezes entramos num filme por acaso, mas é sempre bom saber de antemão o que vamos ver, para melhor partido tirarmos da experiência. por isso, sempre gosto de ler as criticas neste site e no IMDB.

Este filme é uma espécie de prova de conceito: "Vejam o que é possível fazer sem grandes meios financeiros, humanos e de equipamento". E o resultado é de facto notável.

Se virmos os "extras" deste DVD percebemos isto e muito mais coisas interessantes e curiosas acerca da produção deste filme. Por isso, recomendo que sempre que possível dêem uma vista de olhos nesta secção presente em alguns DVDs. Talvez o Fábio olhasse para este filme com outros olhos...

É claro que não basta esta prova de conceito. O filme também ter que ter uma história e "arte" em saber contá-la. Eu acho que tem e sabe contar, embora talvez pudesse estar mais bem trabalhada.

De qualquer forma, é um filme que entretém e nos prende, pelo que atribuo uma pontuação de 7 valores e recomendo o visionamento.
Por Angkor (LISBOA)2012-01-17
Diferente (Pontuação: 6)
Este filme é bom unicamente por conseguir fugir ao comum.

Existem aliens e uma zona perigosa que o casal de protagonistas tem que passar mas, ao contrário do que se esperava, tudo corre bem no que se trata a confrontos com os ditos extraterrestres.
A verdadeira tensão é criada pelos outros humanos que se aproveitam da situação para lucrar ao máximo.
Por João Marcelino (AMADORA)2012-01-17
bah... (Pontuação: 5)
filme super mediano....com algumas cenas interessantes...mas pouco mais...
não vi nada de original...não vi nada de fora de série...
mias um filme de ETs nos EUA, enredo á volta de 2 personagens que se apaixonam pelo caminho...

nota justa 5.5
Por Fábio Pinto (S. PEDRO DO SUL)2011-10-13
simplesmente estupendo! (Pontuação: 10)
ao contrário da enxurrada de filmes que Hollywood decidiu apostar com a vertente mais do que espremida que é basicamente a 'invasão alienígena',este filme com um orçamento risível e meios técnicos que qualquer estudante de cinema podia aceder,conseguiu alcançar um patamar de qualidade que em jeito de comparação, um filme da série«Transformers»não consegue ter, nem à viva força!.
o enredo,os actores,os não-actores, a montagem,a fotografia, os efeitos especiais todos esses elementos estão bem conjugados e o resultado final é simplesmente o melhor filme do género que eu já vi até agora, com a excepção de «Distrito 9» é claro!.
contudo, eu tenho que perguntar isto: com a facilidade que Gareth Edwards demonstrou ao realizar este projecto, porque raio é que os nossos estudantes de cinema não conseguem algo como isto?basicamente, qual é a vossa desculpa? é tudo!
Por Luis Cardoso (PORTO)2011-10-06
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
23/Jun
Trailer
23/Mai
Trailer