Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
O Tédio (L'ennui)
TrailerAlugar
1 Prémio e 4 Nomeações
Realização:
Cédric Kahn
Ano: 1998
Género:
Drama
Romance
Idade: M/16
Duração: 122 min
IMDB: 6.2 (1.754 votos)
Martin está entediado. Professor de filosofia, cansado de dar aulas, espera poder concluir um livro que tem em mente. Em plena depressão profissional e emocional, sente-se ameaçado pela felicidade da ex-mulher, que o deixou. Um dia, em circunstâncias estranhas, conhece Cecilia, uma jovem que se suspeita ter levado um velho pintor à morte. A sua ex-mulher torna-se na sua confidente e em espectadora privilegiada da paixão que destrói lentamente as certezas de Martin. O desejo carnal compulsivo leva-o à obsessão pela enigmática Cecilia...
Detalhes Técnicos
Duração: 122 min. Vídeo: Widescreen 1.85:1 anamórfico
Áudio: Francês Dolby Digital 2.0
Legendas: Português,
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Um Filme Perturbante (Pontuação: 8)
O Tédio é um filme que cheira a cinema francês do fim do século XX, que então conheceu um ressurgimento, e ao mesmo tempo é uma das muitas produções de então do português Paulo Branco. Não é a primeira variante no cinema do tema da degradação de um espírito cultivado por intermédio de uma paixão apenas carnal, mas é terrivelmente eficaz. O 'not so unhappy end' é forçado, e a morte de Martin (magnífico Charles Berling) seria o fim adequado. O objecto da sua paixão, ou desejo desenfreado, a então muito jovem Sophie Guillemin, está como peixe na água compondo a figura da "cabra", ao mesmo tempo superlativavmente sexual num sentido animal e desprovida de qualquer amor. Pouco antes do final a mãe de Cecilia (Sophie Guillemin) explica numa frase à vítima por vocação Martin aquilo que lhe aconteceu. Já nos anos trinta Joseph von Sternberg com Marlene Dietrich exploraram a fundo o tema da mulher fatal, num filme cujo título rima com a intriga de O Tédio: O Diabo é Uma Mulher! Apesar de por vezes nestes filmes o realismo ser sacrificado, eles reflectem realidades de facto, e continuam a ser realistas: este tipo de mulher, como Cecilia, existe mesmo. Cuidado rapazes!
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)2018-12-25
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
25/Jul
Trailer
25/Jul
Trailer