Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Dois Dias, Uma Noite (Deux jours, une nuit)
TrailerAlugar
35 Prémios e 66 Nomeações
Ano: 2014
Género:
Drama
Idade: M/12
Duração: 95 min
IMDB: 7.4 (20.938 votos)
Sandra, empregada numa empresa de painéis solares, volta ao trabalho depois de uma baixa médica prolongada. O patrão, que na sua ausência foi obrigado a redistribuir o trabalho pelos restantes empregados, deixa-os com um dilema: podem escolher entre o regresso de Sandra ou um bónus pelas tarefas extra que fizeram durante esse período. Essa decisão será levada a votação e terá de ser tomada até segunda-feira de manhã. Desesperada por manter o emprego, Sandra sabe que tem o fim-de-semana para convencer os colegas a votar em seu favor. Assim, ajudada por Manu, o marido, ela vai de porta em porta, repetindo o discurso, de modo a despertar nos outros a compaixão de que tanto necessita para manter o emprego e, simultaneamente, não perder a esperança na generosidade humana.

Com realização e argumento dos irmãos belgas Jean-Pierre e Luc Dardenne ("Rosetta", "O Silêncio de Lorna" ou "O Miúdo da Bicicleta"), uma história dramática sobre solidariedade, que conta com Marion Cotillard e Fabrizio Rongione como protagonistas.
Detalhes Técnicos
Duração: 95 min. Vídeo: Widescreen 1.85:1 anamórfico
Áudio: Francês Dolby Digital 2.0
Legendas: Português,
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Os irmãos Dardenne voltam à carga
Os irmãos Dardenne voltaram a acertar em cheio, coisa que já não víamos desde Rosetta. Tal como em Rosetta temos aqui uma jovem proletária em dificuldades, mas desta vez é o seu marido que a empurra e quase força a lutar para manter o emprego, pedindo para isso como se fosse uma mendiga aos colegas de empresa que votem na sua permanência, abdicando eles de um prémio para isso. Tal como Émilie Dequenne em Rosetta, também Marion Cotillard veste a pele da sua protagonista de forma perfeita, o que junto a um argumento sólido e dramaticamente fascinante de dois grandes realizadores dá o que seria de esperar, um muito bom filme. Das melhores coisas que vi nos últimos anos no cinema.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)2015-07-28
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
22/Out
Trailer
30/Out
Trailer