Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Ida ()
TrailerAlugar
57 Prémios e 62 Nomeações
Realização:
Pawel Pawlikowski
Ano: 2013
Género:
Drama
Idade: M/14
Duração: 82 min
IMDB: 7.5 (7.029 votos)
Polónia, 1962. Anna é uma bonita jovem de 18 anos que irá em breve celebrar os votos definitivos para se tornar freira no convento onde vive desde que ficou órfã em criança. A madre obriga-a a conhecer antes da celebração dos votos a única familiar viva, a tia Wanda.

Juntas, as duas mulheres embarcam numa viagem à descoberta de si próprias e do passado que têm em comum. Anna descobre que é judia e que o seu verdadeiro nome é Ida. Esta revelação leva-a a dar início a uma jornada para desvendar as suas raízes e confrontar a verdade sobre a sua família.

Ida terá de escolher entre a sua identidade biológica e a religião que a salvou dos massacres provocados pela ocupação Nazi na Polónia. E Wanda terá de confrontar as decisões que tomou durante a guerra quando optou por colocar a lealdade à causa à frente da sua família.

FESTIVAIS:
Londres – Melhor Filme
Toronto – Prémio da Crítica Internacional
Varsóvia – Grande Prémio
Gijón – Melhor Filme, Actriz, Argumento
Detalhes Técnicos
Duração: 82 min. Vídeo: Widescreen 1.85:1 anamórfico
Áudio: Polaco Dolby Digital
Legendas: Português,
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
A Polónia lambe as suas feridas (Pontuação: 8)
Um filme que vale a pena ver, e que nos pode dizer muitas coisas diferentes. Filmado num sumptuoso preto e branco, em planos fixos sempre descentrados e de um despojamento mais do que bressoniano, deixa-nos a nós espectadores na angústia de não fazermos a mínima ideia de para onde vai Ida, caminhando pela estrada no plano final. Um filme que partilha com Johnny Guitar e outros o ser um filme em que se sente com toda a força aquilo que se não vê, o passado duríssimo das duas protagonistas. Lamenta-se uma história algo absurda, que impede o filme de atingir outra grandeza.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)2015-07-26
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
14/Dez
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
14/Dez
Trailer
19/Dez
Trailer