Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Planeta dos Macacos: A Origem (BLU-RAY) (Rise of the Planet of the Apes)
TrailerAlugar
16 Prémios e 34 Nomeações
Realização:
Rupert Wyatt
Ano: 2011
País:
EUA
Idade: M/12
Duração: 105 min
IMDB: 7.8 (82.559 votos)
A nossa maior descoberta vai transformar-se na maior ameaça para o mundo, quando um cientista à beira de uma revolucionária descoberta médica a testa num jovem chimpanzé chamado Caesar. Mas quando o chimpanzé desenvolve inteligência e emoções semelhantes às humanas, uma batalha épica irá ter início para determinar que espécie vai dominar o planeta!
Detalhes Técnicos
Duração: 105 min. Vídeo: 1080p Alta Definição 2.35:1 16:9
Áudio: Inglês DTS-HD Master Audio 5.1; Italiano, Russo, Checo, Húngaro, Ucraniano Dolby Digital 5.1
Legendas: Português, Inglês, Finlandês, Sueco, Italiano, Norueguês, Russo, Búlgaro, Croata, Checo, Dinamarquês, Estoniano, Húngaro, Islandês, Sérvio, Ucraniano, Letão, Lituano, Esloveno
Extras: ■ The Apocalypse
■ Cenas Eliminadas
■ Mitologia dos Macacos
■ O Génio de Andy Serkis
■ Quebrando os Limites da Técnica do Motion-Capture
■ Uma Nova Geração de Macacos
■ Descrição de Cenas
■ Comentários Áudio
■ Os Grandes Macacos
■ Galeria de Arte de Concepção de Personagens
■ Compondo a Partitura com Patrick Doyle
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
O Círculo completa-se (Pontuação: 8)
No que toca a sequelas, prequelas ou outras “quelas” que tais, quem leu alguns dos meus comentários, sabe que eu não sou grande fâ deste tipo de produção. No entanto, por vezes, existem honrosas excepções que me suscitam alguma curiosidade… e receio também. Assim foi com este “Planeta dos Macacos: A Origem”. Will Rodman é um cientista empenhado em encontrar a cura para a doença de Alzheimer que afecta o seu pai e para isso usa como cobaias chimpanzés e num deles os testes irão desenvolver a sua inteligência ao ponto do resultado final ser completamente imprevisível.
Mais de 40 anos depois da estreia de “O Homem que veio do Futuro” (Franklin J. Schaffner, 1968), quatro continuações (o termo sequela ainda não se utilizava na década de 70), uma série de televisão , “O Planeta dos Macacos” (Tim Burton, 2001), um remake que, segundo o seu realizador, não é um remake mas sim um versão livre do livro de Pierre Boulle com o mesmo nome, a mesma pergunta deve ter assolado o espiríto de todos os que viram este filme (e foram muitos pois foi um dos grandes sucessos do verão de 2011): ainda haveria alguma coisa a contar? Rupert Wyatt disse que sim e provou-o ao realizar um filme que é uma mais-valia para a série, Conseguiu-o graças ao brilhante argumento escrito por Rick Jaffa e Amanda Silver, o qual, sensivelmente a meio do filme, dá uma volta tal que as personagens humanas tornam-se e secundárias e os simíos humanizam-se, tomam conta do filme, nomeadamente nas cenas passadas no asilo dos macacos quando Caesar assume o protagonismo, praticamente sem soltar uma única palavra e, em jeito de homenagem ao filme original, pronuncia (embora não se ouça) duas das frases mais emblemáticas de Taylor, o astronauta que cai nas mãos dos macacos, “Isto é uma casa de doidos!” quando Rodman o deixa no asilo e, quando começa a revolta dos macacos, Dodge Landon (Tom Felton, o Draco Malfoy da saga de Harry Potter) tenta agarrar Caesar e este diz “Tira as mãos de cima de mim, seu humano porco!”. Wyatt vai mais longe, torna este filme uma prequela digna e ao nível da qualidade do primeiro filme ligando as duas obras através de dois pequenos momentos que quase passam despercebidos (um primeiro momento quando se vê uma nave espacial a descolar para o espaço; o outro é quando ficamos a saber que se perdeu o contacto com a nave que ia para Marte)
No campo das interpretações, James Franco e Frida Pinto (a bonita actriz de “Quem quer ser Bilionário?”) interpretam o par romântico com pouco entusiasmo, John Lithgow, como pai de Will, embora secundário, tem uma das suas melhores interpretações nos últimos tempos, mas é Andy Serkis, ao providenciar os movimentos e expressões de Caesar (que já havia feito o Gollum em “O Senhor dos Anéis” e o King Kong no filme de Peter Jackson com o mesmo nome) quem recebe todos os louros. É difícil dissociarmo-nos da nossa própria imagem quando vemos a evolução de Caesar desde simío e cobaia de experiências, passando pelo cativeiro onde tem de aprender a defender-se dos outros, até líder da revolta dos macacos que culmina na grandiosa batalha da Golden Gate de São Francisco cujo desfecho já sabemos qual vai ser. Na última cena vemos aquele que vai ser o pai fundador da nação simía no cimo duma árvore a olhar em direcção a São Francisco, cidade onde irá começar a conquista do planeta deixando a porta aberta a uma possível sequela…o que será contrariado na sequência que surge durante o genérico final.
“Planeta dos Macacos: a Origem” acaba por ser uma agradável surpresa cinematográfica, não desmerecendo em nada o sucesso que teve e, de certa maneira, torna o círculo, desenhado pelos cinco filmes anteriores, perfeito.
Por Rui Cunha (ALGUEIRÃO)2012-01-01
Desiludiu (Pontuação: 5)
Antes de ver este filme tinha como referência o "Planet of the Apes" de 2001 (que recomendo) cujo som, efeitos especiais e argumento me levaram a querer ver esta versão.
Fiquei desiludido, talvez pelas minhas expectativa serem mais altas.
Não obstante, o filme vê-se bem. Mais, alerto para a avaliação muito positiva que faz o público do IMDB com 7.8! provando que, ao contrário de mim, a grande maioria acha este filme digno de ser visto.
Por Bento Pereira (PONTINHA)2011-12-21
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Novo
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
20/Ago
Trailer
20/Ago
Trailer