Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Banksy, Pinta a Parede! (Exit Through the Gift Shop)
TrailerAlugar
11 Prémios e 16 Nomeações
Realização:
Banksy
Argumento:
Ano: 2010
Idade: M/6
Duração: 87 min
IMDB: 8.1 (20.268 votos)
É um documentário assinado pelo mítico artista de rua Banksy, que traça a história de um movimento, a street culture. O documentário segue vários artistas, alguns dos quais considerados hoje estrelas, entre os quais o próprio Banksy, que apesar do anonimato é um dos mais famosos artistas britânicos, ao mesmo tempo que perspectiva o valor da arte e o que é ou não considerado autêntico hoje em dia.
Detalhes Técnicos
Duração: 87 min. Vídeo: Widescreen 1.78:1 anamórfico
Áudio: Dolby Digital 2.0 Inglês
Legendas: Português,
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Correcção (Pontuação: 7)
Altero a nota para 7, devido à duração demasiado reduzida de muitos planos.
--------------------------------------------------------------------------------
--------------------------------------------------------------------------------
--------------------------------------------------------------------------------
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)2015-08-16
Banksy e o Francês da Câmara (Pontuação: 9)
Certamente um dos documentos mais curiosos que o cinema já produziu, em que o 'street artist' agora mundialmente famoso Banksy deu "a volta ao texto" a uma situação que lhe aconteceu, e organizou um filme com base principalmente em material de um maníaco das filmagens, o francês Thierry Guetta, que espantosamente nem aparece no elenco acima fornecido, uma vez que é ele o verdadeiro centro do documentário, e não Banksy. Vamos pois acompanhar a vida de Guetta desde o fim do milénio até ao filme, período em que este acompanhou vários artistas-pintores-decoradores de rua originais, entre os quais Banksy, a sua última e mais difícil "presa", pela qual esperou anos. Mas o caçador virou caça a meio do caminho, passando ele próprio a ser um artista de rua, e sujeito de filmagens, em vez do seu autor. Gostei francamente do trabalho de Banksy, quer na rua quer no filme, e recomendo vivamente o documentário, cujo título português deveria antes ser "Banksy Pinta a Tela". Volto no entanto a avisar qualquer incauto, o filme é sobre Thierry Guetta, fraco artista como poderão avaliar, mas que foi quem provocou tudo.
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)2015-08-16
Brilhante, diferente, cómico, real, único, estimulante (Pontuação: 8)
Façam uma pausa. Mudem de frequência. Deixem lá os grandes blockbusters - suficientemente anunciados e publicitados - e prestem atenção neste documentário. Eu sei que não é fácil. Para muitos a arte é uma seca, coisa incompreendida. Ainda por cima tem uma rato na capa! E é um documentário... vou lá investir o meu precioso tempo a ver isto, correndo o perigo de estimular os meus neurónios com algo diferente?

Isto é um pequeno teaser para espicaçar os que preferem continuar na dormência e no conforto dos habituais filmes de acção... para depois criticarem que pouco trazem de novo... Não digo que não sabem bem de vez em quando, mas alternados com coisas mais substanciais. É verdade que o vosso tempo é precioso e por isso mesmo é que devem alargar os horizontes. Não faltam aqui filmes para isso. E este "Banksy - Pinta a Parede" é um excelente exemplo.

Se o meu apelo não é suficiente, então pelo menos reparem que o filme tem 8.1 no IMDB e mais de 20.000 votos!

É que este filme não tem nada de chato, muito pelo contrário. É uma mistura de cultura e entretenimento que só um documentário permite. E claro, a mente genial dum inteligente artista de rua chamado Banksy, que soube aproveitar um "contexto de acontecimentos" e transformá-los em mais uma obra de arte, desta vez no ecrã!
Por Angkor (LISBOA)2012-02-08
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
28/Nov
Trailer
21/Nov
Trailer