Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Código 46 (Code 46)
TrailerAlugar
4 Prémios e 9 Nomeações
Ano: 2003
Idade: M/12
Duração: 93 min
IMDB: 6.3 (9.706 votos)
E se a pessoa que mais desejasse fosse a única pessoa que estivesse proibida de amar?

No futuro próximo, classes privilegiadas vivem e trabalham “dentro” das cidades, enquanto os não-cidadãos vivem uma existência miserável “no exterior”, num vasto deserto. As pessoas não podem abandonar os locais que lhe foram designados sem vistos especiais conhecidos como “papeles”. Quando papeles fraudulentos vêem à superfície, o investigador de Seattle William Geld viaja até Xangai para identificar o culpado e conhece Maria Gonzalez… uma mulher com quem tem um romance apaixonado mas quebra uma das leis mais severas da sociedade: o Código 46.
Detalhes Técnicos
Duração: 93 min. Vídeo: Widescreen 16:9 anamórfico
Áudio: Dolby Digital 2.0 Inglês
Legendas: Português,
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Totalmente dispensável (Pontuação: 3)
Uma total perda de tempo.
Depois não diga que eu não avisei.
Por Bento Pereira (PONTINHA)2011-05-08
Inconsequente (Pontuação: 5)
Sereno na cadência, nas interpretações, na ambiência, o que me agradou. Mas mais nada. Não espero que todos os filmes tenham um clímax, mas pelo menos que fique alguma interrogação que valha alguma suposição. Esta foi vâ. A ver sem grandes expectativas.
P.S.: Gosto sempre de ver actuar o Tim Robbins.
Por LM30 (MASSAMá)2011-02-14
Um filme que nos faz pensar (Pontuação: 8)
Aluguei este filme ontem e tinha que escrever um comentário, de tanto prazer que me deu assistir.
Há tanta coisa para dizer que nem sei bem por onde começar.

Trata-se dum filme de ficção passado num futuro próximo, onde as pessoas são controladas através de "vistos" que ditam o que podemos fazer, onde podemos estar e com quem. Este sistema divide a sociedade em duas realidades: os que têm visto e vivem nas cidades onde tudo funciona duma forma organizada, e os que não têm e são obrigados a viver fora das cidades numa realidade considerada indigna e inferior.

O filme incide sobre 2 personagens, muito bem representadas por Tim Robbins e a belíssima Samantha Morton, que se apaixonam pondo em causa o sistema... E mais não digo para não desvendar demasiado...

Este é daqueles filme que estimula o nosso cérebro, fazendo-nos pensar sobre as temáticas abordadas no filme. Chegando ao fim, fui logo ver as opções especiais e existe um trecho de 10/15 minutos sobre o filme que complementa muito bem o seu visionamento, pois explica algumas das ideias e conceitos explorados e faz comparações com a sociedade actual.

Outro grande trunfo do filme é a riqueza visual e sonora. Apesar de estarmos perante um filme com um orçamento muito limitado (especialmente quando comparado com outros filmes de ficção) as imagens, a tecnologia utilizada, as cores, os cenários reais e os cenários fabricados (filmagens de interiores) e a música/banda sonora estão muito bem conseguidas. Realmente o Michael Winterbottom e a sua pequena equipa fizeram um trabalho de se tirar o chapéu.

Também me agradou muito a forma como o filme se passa em várias zonas do globo - Xangai, Abu Dhabi, Índia, utilizando cenas de exteriores reais, com pessoas reais, recreando um ambiente fantástico e dando credibilidade à história.

Nunca imaginei que este filme fosse tão bom, até porque já é de 2003 e nunca tinha ouvido falar dele.

A não perder para quem quer experimentar algo fora do circuito comercial de Hollywood.
Por Angkor (LISBOA)2011-02-07
muito interessante (Pontuação: 9)
muito interessante , futurista com um toque de tristeza mas merece toda a atenção
Por agrilo (CERCAL DO ALENTEJO)2011-02-07
R-E-C-O-M-E-N-D-O! (Pontuação: 8)
Sem sombra de dúvida, recomendo!
De inicio sente-se apenas uma sensação agradável após visualizar o filme. Algo como... humm gostei, é um filme light mas bom.
De seguida vem o periodo reflexivo sobre as metáforas apresentadas. A mente não pára de estabelecer o paralelo entre a ficção cientifica apresentada e a possibilidade iminete de vir a ser real. Na verdade, quem antes pensou que um dia existiriam, por ex, alimentos genéticamente modificados (OGM)?
Talvez apenas a ficção dos filmes e dos livros tenha posto em hipotese tal previsão do futuro!
O que é certo é que se os trangénicos existem, tantas outras inovações podem existir, conforme exemplifica Código 46.
Um filme visionário que não é para assustar, mas sim, para CONSCIÊNCIALIZAR.
Não perca!
Por Rute Silva (SãO DOMINGOS DE RANA)2010-12-05
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
13/Fev
Trailer
30/Jan
Trailer