Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Premiados TOP + Reposições Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Duelo na Poeira - Edição Especial (Pat Garrett & Billy the Kid)
TrailerAlugar
3 Nomeações
Realização:
Sam Peckinpah
Argumento:
Rudy Wurlitzer
Ano: 1973
País:
EUA
Idade: M/12
Duração: 122 min
IMDB: 7.3 (4.469 votos)
Pat Garrett & Billy the Kid decorre em 1881, perto da fronteira com o México, numa altura em que os grandes proprietários de terras e de gado começavam a impor a sua força, limitando a liberdade que os pistoleiros fora-da-lei tinham como adquirida. Antigos companheiros, Pat Garrett (James Coburn) e William H. Bonney (Kris Kristofferson), mais conhecido como Billy the Kid, estão agora em campos opostos. Garrett foi promovido a xerife e a sua primeira missão é afastar Billy dos territórios de Chisum, o latifundiário com quem mantém relações privilegiadas. Depois de um primeiro aviso, Billy é preso mas consegue fugir. O resto do filme é a história da perseguição de Garrett a Kid, até ao duelo final no Forte Sumner.
Detalhes Técnicos
Duração: 122 min. Vídeo: Widescreen 2.35:1 anamórfico
Áudio: Inglês, Espanhol, Alemão - Dolby Digital
Legendas: Português, Inglês, Espanhol, Alemão, Norueguês, Dinamarquês, Finlandês, Hebraico, Sueco, Croata, Esloveno, Grego, Hungaro, Polaco, Turco. Inglês e Alemão para deficientes auditivos
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Western pós-moderno? (Pontuação: 7)
Depois de nos dar o famoso e magnífico "The Wild Bunch" (A Quadrilha Selvagem), Sam Peckinpah volta a revisitar o velho Oeste neste estranho e curioso filme. Num tempo em que o western dava já os últimos estertores no cinema, o realizador decide revisitá-lo sem contemplações, e sem seguir as convenções do género, tratando as personagens históricas Pat Garrett e Billy The Kid não como heróis míticos, mas como homens de carne e osso, "velhos e cansados". Não deixando, paradoxalmente, de se sentir uma certa nostalgia por um tempo que já não volta. A escolha dos actores é bastante curiosa: Kris Kristofferson aqui em início de carreira, mas sobretudo Bob Dylan, numa "personagem" algo "estranha", não se percebendo muito bem o que anda ali a fazer. Talvez uma homenagem do realizador a um ícone musical da sua geração.
Por PMatos (BARREIRO)2010-08-14
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos