Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Amor de Verão (My Summer of Love)
TrailerAlugar
8 Prémios e 17 Nomeações
Realização:
Pawel Pawlikowski
Ano: 2004
Género:
Drama
Romance
Idade: M/16
Duração: 88 min
IMDB: 7.0 (5.187 votos)
Mona é uma jovem da classe média, rude e espirituosa, que vive com o irmão Phil, um antigo delinquente. Tamsin é rica, excêntrica e acredita ser melhor do que todos os outros. As duas adolescentes de 16 anos vão passar o Verão juntas e iniciar uma intensa amizade e descoberta mútua. Mas Phil está disposto a terminar com o pecado das suas vidas.
Detalhes Técnicos
Duração: 88 min. Vídeo: 16:9 - Widescreen 1.85:1 anamórfico
Áudio: Dolby Digital 5.1 - Inglês
Legendas: Português
Extras: Trailer, Melhores Cenas, Entrevistas, Em filmagens
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Nem Tudo o Que Reluz é Ouro (Pontuação: 8)
Após ter visto Ida e Guerra Fria graças à Cineteka, vim espreitar este "velhinho" filme de Pawel Pawlikowsky, que nunca tinha visto, apesar de ele ter uma boa reputação no cinema de qualidade. E fiz muito bem, pois aqui, trabalhando em Inglaterra na província, Pawlikowsky realizou um muito interessante trabalho, ajudado por excelentes actores ingleses e técnicos. No filme não se passa muita coisa, nem ele sai do "vale" em que tudo acontece, e em que as duas jovens Mona e Tamsin vivem. É de modos de ser e de relações humanas que nos fala, do que parece e não é, do que é e não parece, do palco que é a vida, como disse William Shakespeare. E para Mona (soberba a estreante Nathalie Press), a vida será brutal. Para o espectador fica o insondável mistério dos seres a cada nova surpresa. Pawlikowsky consegue já aqui apresentar-nos ficção em que podemos acreditar, sem cair no banal e no naturalismo, mas com uma espontaneidade cativante. Não é para todos!
Por Pedro Fernandes (PAçO DE ARCOS)2019-08-10
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
05/Set
Trailer
22/Ago
Trailer