Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contactos Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico
Ondas de Paixão (Breaking the Waves)
Alugar
40 Prémios e 14 Nomeações
Realização:
Lars von Trier
Ano: 1996
Género:
Romance
Drama
Idade: M/16
Duração: 153 min
IMDB: 7.7 (17.933 votos)
"É um daqueles filmes que como a fé, não se explica, sente-se", LMO, Público.
"De uma beleza intemporal. Arrebatador", PMS, O Independente.
"Um filme de paixão, magia e arrebatador. Deslumbrante", MCF, Expresso.
No início dos anos 70, uma rapariga ingénua, que vive numa pequena comunidade da costa noroeste da Escócia, apaixona-se por Jan, um homem mais velho que trabalha numa plataforma petrolífera. Apesar da oposição das pessoas do meio, os dois casam-se. Jan volta ao seu trabalho na plataforma enquanto Bess conta os dias que a separam do seu regresso, convencida de que o seu amor é abençoado por Deus. Jan, vítima de um acidente, fica paralisado. Receia então que Bess seja privada de uma vida normal. Imobilizado na cama, ele convence-a de que pode curá-lo dormindo com outros homens e relatando-lhe as suas relações sexuais.
Detalhes Técnicos
Duração: 153 min. Vídeo: 16:9 - Widescreen 2.35:1 anamórfico
Áudio: Dolby Digital 5.1 - Inglês, Italiano
Legendas: Português, Francês, Alemão, Italiano, Checo, Grego, Hebraico, Romeno, Dinamarquês, Finlandês, Norueguês, Sueco
Extras: Comentários seleccionados de Lars von Trier e Anders Refn (montador).
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Um grande filme - A ver. (Pontuação: 9)
Um filme belíssimo. A forma como está realizado mais parece um livro. A banda sonora é igualmente belíssima. É de facto um romance, mas cuidado! Algumas pessoas poderão achá-lo difícil de ver até ao fim, pela violência de algumas cenas. Mas vale bem todos os segundos. O desempenho de Emely Watson é soberbo.
Por Bento Pereira (PONTINHA)2010-08-11
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Trailer
Trailer
Estreia
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
07/Jul
Trailer
07/Jul
Trailer