Cineteka.com - Videoclube de culto para cinéfilos exigentes
Videoclube Adesão Ajuda Preçário Contacto Parcerias Login

Brevemente... Novidades Promoção TOP + Reposições Premiados Ao Acaso Acção Animação Aventura Biografia Clássico Comédia Crime/Policial Desporto Documentário Drama Família Fantasia Ficção C. Film Noir Guerra História Musical Religião Romance Séries/TV Terror Thriller Viagens Western Erótico Adultos
A Vida de Pi (BLU-RAY 3D) (Life of Pi)
TrailerAlugar
28 Prémios e 65 Nomeações
Realização:
Ang Lee
Ano: 2012
Género:
Aventura
Drama
País:
EUA
Taiwan
Idade: M/12
Duração: 127 min
IMDB: 8.2 (150.393 votos)
Filho do administrador do jardim zoológico de Pondicherry, na India, Pi Patel possui um conhecimento enciclopédico sobre animais e uma visão da vida muito peculiar.

Quando Pi tem dezasseis anos, a família decide emigrar para a América do Norte num navio cargueiro juntamente com os habitantes do zoo. Porém, o navio afunda-se logo nos primeiros dias de viagem e Pi vê-se na imensidão do Pacifico a bordo de um salva-vidas acompanhado de uma hiena, um orangotango, uma zebra ferida e um tigre de Bengala.

Em breve restarão apenas Pi e o tigre, e a única esperança de sobreviverem é descobrirem, de alguma forma, que ambos precisam um do outro...
Baseado no romance de Yann Martel e já considerado uma das mais extraordinárias criações literárias da última década, A Vida de Pi, passa agora para o grande ecrã pelas mãos do conceituado realizador Ang Lee, autor de obras como O Segredo de Brokeback Mountain, e Taking Woodstock.
Detalhes Técnicos
Duração: 127 min. Vídeo: ALTA DEFINIÇÃO 1080P 1.85:1
Áudio: DTS HD MA 7.1 Inglês DD 5.1 Checo Húngaro Tailandês Turco
Legendas: Português, Espanhol, Alemão, Quebequense, Árabe, Búlgaro, Cantonês, Croata, Checo, Grego, Hebreu, Húngaro, Islandês, Indonésio, Coreano, Malaio, Mandarim, Polaco, Romeno, Sérvio, Esloveno, Ta
Extras: . Cenas eliminadas
. Trailer de cinema em 3D
. Progressão dos VFX
Comentários dos utilizadores: Escreva um comentário sobre este título
Ver nas entrelinhas (Pontuação: 8)
Quando um filme é tão "badalado" quanto este, é natural sentirmos curiosidade em vê-lo. No entanto, fui adiando o momento, a favor de entretenimento mais mundano, porque às vezes não me apetece embarcar em modas que nos obrigam a exercícios complicados de malabarismo intelectual para descobrir uma moral pseudo-transcendente da história. Pensava eu. Afinal, o espectador tem sempre a última palavra perante uma manifestação, qualquer que ela seja, de arte. Pode gostar - ou não. Pode entendê-la - ou não...da forma que era pressuposto. As sensibilidades são diferentes (valha-nos isso!)e ser artista talvez seja apenas essa coisa de provocar reacções diversas através da sua obra.Voltando ao filme - que apenas peca, quanto a mim, por ser um pouco longo - pode dizer-se antes de mais que é um festival visual e narrativo. Uma lição de coragem que é muito mais do que o simples instinto de sobrevivência: ultrapassar as adversidades virando-as a nosso favor com sacrifício e engenho, mas sobretudo a grandeza que é - ainda mais nessas circunstâncias - a dádiva do amor incondicional, consubstanciada pela figura ingrata do tigre, mas que assim é a Natureza que nos aproxima e reconcilia com Deus - para quem prefere a versão mais romântica - mas em última análise, connosco próprios.
Por princesagigi (SEBAL)2014-06-24
Insondáveis mistérios de Hollywood... (Pontuação: 6)
Mais um. Outro que não tive saco para ir ver em sala. Ainda bem.

Como é que esta coisa, apenas a espaços bem filmada, arrecada quatro Oscars quatro (entre eles o de melhor realização)? Insondáveis mistérios de Hollywood que nunca iremos compreender.

Pois, sim, sim, a tal viagem pela dúvida metódica, pelas questões metafísicas, pelo Ser e pelo imaterial. Enfim tudo mal aldarabado e tocado apenas pela rama ao som de uns rugidos digitais do maravilhoso tigre, todo ele e sempre composto por “zeros e uns”.

No mais…, é como os peixes voadores: não serve para nada.
Por pedromrsl (LISBOA)2014-02-09
Manifestações de Deus (Pontuação: 10)
Esta alegoria sobre Deus é um regresso ao melhor que o cinema tem, na tentativa conseguida de nos aproximar da essência das questões mais profundas da nossa existência, e do sonho que é esta nossa passagem pelo mundo.

Quem viu como eu com a idade do protagonista o "Ladrão de Bagdad" de Michael Powell que ao visionarmos as primeiras cenas deste cinema, o mesmo nos transporta imediatamente para um exótico imaginário, feito de cores e de sons que queremos e ansiamos por descobrir.Também para o universo de Salmon Rushdie nos "Filhos da Meia Noite" este filme nos remete. O onírico como matéria prima é o veículo tal como em Rushdie para as manifestações de Deus e o elixir para a nossa sobrevivência.

Com a admirável escrita e realização, vai encontrar neste personagem narrador o que muitos com mais idade se recordarão quando da sua juventude, da pureza que tivemos e fomos perdendo.

Ang Lee, junto com Spielberg são os exemplos máximos expoentes do cinema actual, ao nunca perder a sua "adolescência", o gosto por um cinema para todos os que sonham, e ainda acreditam!!! e anseiam por um mundo melhor.
Só possível quando da nossa tentativa de compreensão e humildade perante o que não controlamos.

Um filme a rever e uma das óperas mais belas que o cinema nos forneceu.

PS - Acabaram-se as férias, a disponibilidade de ver cinema irá reduzir-se e o tempo para mais comentários escasseará. Obrigado à Cineteka pela sua disponibilidade e profissionalismo. Pela exemplar CDteka que dispõem e pela publicação dos comentários de todos. Aos outros cinéfilos que como eu tiveram a capacidade de escrever e de ler, o meu obrigado, prometendo desde já não vos maçar durante uns tempos.

Por último uma palavra para a Princesa da Sebal, porque quem conhece e gosta de Robert Heinlein e Philip K.Dick sabe quanto importante é a evasão que o Cinema e a Literatura nos proporcionam quando nos interroga, fazendo de nós melhores seres, logo cidadãos. Que continue a escrever com essa sinceridade.

Um Obrigado a todos - Bom cinema e Hasta la Vista.
Por Jimenez´Portugues (PAREDE)2013-09-02
A vida de Pi o inesperado
Este filme surpreendeu-me muito pela positiva em todos os aspetos. Com a excelente realização de Ang Lee este filme leva-nos a um mundo completamente à parte obriga-nos a uma reflexão sobre a nossa forma de pensar e de sentir. Uma escolha que irá marcar a quem o ver
Por Alexandre Marques (AMORA)2013-07-11
Se gostou deste título, também recomendamos:
Trailer
Novo
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer
Trailer

Últimos comentáriosPróximos Lançamentos
18/Fev
Trailer
24/Fev
Trailer